Bernhard Willhelm, Gaultier, Galliano para Dior

Começa hoje no Metropolitan Museum exposição Superheroes: fashion and fantasy, que reúne peças de acervo de estilistas, figurinos de filmes e até roupas esportivas, que, de alguma forma, foram inspiradas pelos poderes mutantes e corpos esculpidos.

As peças estão organizadas de acordo com “bodies”: gráficos, que incorporam iconografia (como Superman ou Homem Aranha); patrióticos (Mulher Aranha ou Capitão América); os que lembram molduras blindadas (como Batman) e outros. Dior, Mugler, Armani, McQueen, Dolce & Gabanna, Paco Rabanne, Issey Miyake e Gaultier são alguns dos participantes da Superheroes, que conta com 70 trajes.

McQueen, Armani, Mugler

A mostra – que também foi documentada em livro –  teve patrocínio de Armani e conta com apoio, na festa de gala beneficiente, da diaba-que-veste-Prada Anna Wintour e … dos atores George Clooney e Julia Roberts (???).

 Mugler, Dolce & Gabbana, Mugler

Os super heróis povoam nosso imaginário desde que somos crianças. Símbolo de onipresença e onipotência, são os salvadores da humanidade e solucionadores de catástrofes. Mas, apesar de todas as mutações que lhe conferem força extraordinária, todos se aproximam dos seres humanos por terem seu calcanhar de aquiles (como a kriptonita para o Super Homem). A fantasia em torno desses seres irreais e fantásticos gira em torno da defesa do bem da sociedade, na eterna luta contra o lado negro da força.

Anúncios