Uma das apostas da arquitetura são os espaços comerciais e de serviço inspirados no digital. Além da interatividade, que está cada vez mais frequente, seja pela disposição de pontos de rede ou de outros gadgets, os próprios móveis e arrumações teriam cara um pouco mais espacial e surrealista, lúdica, com luzes bem pensadas e ocupações que remetem à amplitude e àquela certa ilusão deliciosa do espaço www e suas possibilidades aparentemente infinitas.

Dá uma olhada nesses lugares:

AMC Pacific Place Cinema, Hong Kong.

 Golf & Country Club, Sempachersee 

Casa em Hollywood

 Escritório de Zaha Hadid 

Uma igreja.. acredita? Parece até coisa do Rashid, mas essa veio sem legenda.

Nem Jesus escapa do digital.

Anúncios