Eu odeio ventilador de teto. Porém, é fato que a coisinha feia é necessária para a sobrevivência no nosso clima nada ameno. O Spirit é fofo e, todos, o menos mal que existe no mercado. Mesmo assim, ainda acho que nada se compara a um teto limpo, sem interferências de pás frenéticas.

Mas, hoje, o mito foi quebrado: eu vi o primeiro ventilador realmente bonito. Fiquei apaixonada pelo Artemis, criado por Mark Gajewski da G Squared. Feito de material reciclado (uma espécie de polímero, apesar de parecer madeira), e com a promessa de ser silencioso, o modelo ganhou o prêmio Good Design da Chicago Athenaeum. O precitcho? U$500.

fancyfan

Adorei.

Anúncios