Na série de fotos Mass ConsuptionCris Jordan usa o excesso e o desperdício como plataforma de alerta para  comportamentos  inconscientes – que negamos – e agem no nível coletivo, no nosso dia a dia.

Esteticamente, o trabalho lembra Vick Muniz, mas a mensagem está mais para Michael Moore: Jordan usa exemplos relativos à cultura americana, para mostrar o efeito catastrófico de quando milhões de pessoas consomem (seja lá o que for) e terminam agredindo (seja lá quem ou quê), de maneira inconsciente.

Para mostrar dados alarmantesdifíceis de serem visualizados (é difícil pensar na proporção de 4 milhões de copos de plástico usados por dia pelas companhias aéreas), ele monta instalações e as fotografa, apelando para o lado visual, com a proposta de conscientizar quem for atingido sobre o atual cenário em que nos encontramos.

Uniformes usados em prisões americanas

celulares


painéis de circuito

vidro

sacolas de plástico

palets

Nesse vídeo, ele explica melhor o trabalho de usar arte para falar de causa ambiental:

Anúncios