Traços viscerais e iluminados, com um quê de Klint e Schiele lá no fundo: as ilustrações e pinturas do francês Amose fazem a gente parar para pensar (e sentir).

Como superfície, ele usa madeira, tela e papel, além das interferências nas ruas.

Amose divide um estúdio em Lille, na França, com Eroné, Sfer, NadaSpyre e com eles, faz parte do grupo chamado Mercurocrom Collective.

Em La Briqueterie: pintado em parceria com Eroné

Amose para o Design Festa Gallery, no Japão

 

Quero um Amose na minha sala já…