Quando se fala de cidade abandonada, logo me vêm à cabeça imagens de filmes: prédios descascados, ruas cinzas, céu pesado, ventania levando as sobras pelo asfalto. Então, quando vi essas fotos de cidades russas assustadoramente ainda habitadas me lembrou isso tudo. Só que pior.

As fotos abaixo são de Cherepovets, onde funciona uma das mais importantes zonas industriais do noroeste do país. Por conta disso, o índice de poluição é altíssimo. Em 2005, um dos habitantes, Nadezhda Fadeyev, que ficou seriamente doente por consequência do péssimo meio ambiente, teve seus custos de realocação de moradia bancados pela Federação Russa, após 10 anos lutando por isso. O caso está aqui.

(image credit: Elena Chinarina)

(image credit: Elena Chinarina)

A cidade de Norilsk é a mais assustadora e está entre as 10 mais poluídas do mundo. Vamos aos dados: a expectativa de vida dos habitantes é de 46-48 anos e a cidade foi originalmente construída por prisioneiros, sendo que a maioria já morreu. As construções são erguidas em cima de placas de gelo, então eles se deterioram rápido. Lá, a temperatura média é de 10 graus abaixo de zero, já tendo sido registrados momentos de -56C.

(images credit: Schegloff)

Essa é a grocery store de lá / images credit: Schegloff

A neve cobre tudo

Pegar bus? Nem pensar...

Segundo a wikipedia, a poluição metálica nas proximidades é tão elevada que já é economicamente viável minerar o próprio solo, de tão poluído que se encontra com platina e paládio.

Medo.