Uma paisagem que sempre me inspira são lagos azuis cercados de montanhas. Primeiro, por representar um misto de referências que a gente traz no imaginário carioca como opostas (praia X serra) e depois pela evidente e impressionante imensidão que me faz pensar em coisas realmente importantes, necessárias e vitais. Hoje, quando vi as imagens do Valley of the Ten Peaks, no Canadá, o dia começou bem.

A cor turquesa da água é atribuída às camadas de “farinhas” de rochas glaciais. A pressão do gelo nos sedimentos resulta em um pó cristalino que absorve todas as cores, menos o azul. Essa “farinha” não é rapidamente dissolvida, portanto fica suspensa na água e reflete a luz de volta resultando nesse azul lindo, leitoso. O vale fica no Banff National Park, a uma hora e meia de Alberta, e fica no coração das Canadian Rockies.

Mais um destino pra nossa travel wishlist.