Hoje, Monteiro Lobato, que foi um dos precursores da literatura infantil, faria 130 anos. Enquanto suas opiniõs pessoais eram polêmicas (além de ser racista, a favor da eugenia, foi tachado de reacionário por sua severa crítica a Anita Malfati), sua obra não deixa dúvidas do porquê é considerado um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX.

Gilberto Gil cantando “Marmelada de banana, banana de goiabada” fez parte da minha infância durante anos, quando assistir Sítio do Pica Pau Amarelo (já uma reprise do final dos anos 70) era programa obrigatório. Adorava as histórias (principalmente a do Minotauro) e, enquanto alguns tinham terror e pânico da Cuca, eu tinha uma grande, com cabelo de plástico, toda recheada de bolinhas de isopor, que era meu xodó e vivia comigo para um lado e para o outro…

Mas, minha favorita era a Dona Benta, a avó que todo mundo queria ter. Para meu deleite, a incrível Zilka Salaberry sempre ia com a neta no mesmo lugar onde mamãe comprava meus livros e de onde eu não queria sair: na Malasartes. Por mais de uma vez encontrei com ela por lá e, sendo a melhor Dona Benta do mundo, ela lia historinhas para mim. Nunca vou esquecer...