20_1858-hitchcock

Minha mãe é uma fã de Hitchcock. Então, pequena, ela me inseriu no mundo do suspense pop e ao mesmo tempo requintado do grande mestre. Depois de Janela Indiscreta, vi Um Corpo que Cai, Festim Diabólico, Os Pássaros, Interlúdio, Marnie e por aí foi. Um dos últimos que fui ver dele foi justamente o mais famoso: Psicose. Famoso pela trilha da hora da morte da mocinha na chuveiro. Famoso porque misturou assuntos polêmicos: travestismo, incesto, violência e nudez insinuada – os cortes foram feitos de maneira que você ACHA que viu Marion nua e ACHA que a viu sendo esfaqueada.

Inspirado pelos bastidores desse clássico e pelo livro Alfred Hitchcock And The Making Of Psycho, se desenrola o filme Hitchcock, com Antony Hopkins interpretando o mestre. Só para dar um panorama do que é revelado, Psicose foi produzido de maneira independente e para custear os U$800mil necessários, ele e a mulher hipotecaram sua mansão.

Mantendo o humor negro e irônico, nas filmagens Hitch sentava-se nessa cadeira, com o nome da mãe do assassino

Mantendo o humor negro e irônico, nas filmagens Hitch sentava-se nessa cadeira, com o nome da mãe do assassino Norman Bates

Para fazer o filme, Hitchcock comprou anonimamente os direitos do livro de Robert Bloch, que deu origem ao roteiro, e depois comprou todas as cópias disponíveis no mercado para que ninguém o lesse e, consequentemente, seu final não fosse revelado. Tudo pelo suspense e surpresa.

Depois de longas discussões com a censura e o filme pronto, a Paramount – com quem foi acordada a distribuição – resolveu lançar Psicose em somente duas salas. Preocupado com o retorno, Hitch apostou em muita publicidade como estratégia de divulgação, e além de espalhar cartazes pela cidade, gravou um aviso super no clima suspense para quem ia ao cinema, avisando que não seria permitida a entrada depois do filme começado, dentre outras “regras”.

No filme, também é abordada a relação de extrema cumplicidade entre ele e sua mulher Alma, assim como algumas características do diretor: a quase obssessão com as mulheres lindas, elegantes e louras (Grace Kelly, Janet Leigh, Ingrid Bergman, Tippi Hedren, Doris Day), a sua ironia, temperamento agressivo e os excessos na bebida e comida.

Hitchcock e  Tippi Hedren (que fez Os Pássaros e Marnie)

Hitchcock e Tippi Hedren (que fez Os Pássaros e Marnie)

O trailer está aqui:

Psicose se tornou o maior sucesso do mestre e é considerado pelo American Film Institute o melhor thriller de todos os tempos e o 18º melhor filme de todos os tempos, tendo faturado nada menos do que U$50 milhões. O filme ganhou versão de Gus Van Sant e inspirou a série Bates Motel, que será lançada lá fora dia 18/03, e pretende ser um prelúdio do filme, contando sobre a adolescência de Bates e sua relação com a mãe.