foto 3

Andy Warhol sempre soube levantar  questionamentos ao polemizar em torno de aspectos comportamentais. Vídeos como os Screen Tests têm o poder de nos deixar desconfortáveis e ao mesmo tempo extremamente interessados em observar o outro. O espectador vira espelho? A lente da câmera vira o nosso olho? Olhar para dentro? Olhar para fora? Esse mesmo tipo de inquietação acontece na expo Lady Warhol, em cartaz no MAM SP, um projeto colaborativo entre o pai do pop e o fotógrafo Christopher Makos.

foto 4

A série, inspirada  em uma foto de 1921 em que Man Ray retratou Duchamp usando chapéu de mulher e vestido, apresenta Warhol com diferentes perucas e maquiagens recriando poses e olhares que ele estava acostumado a ver ao observar diversos tipos de pessoas: socialites, atrizes, damas da sociedade.  Em alguns momentos ele aparece apenas com um lençol envolvendo o torso, como uma mulher que acaba de acordar em sua casa. Em outros aparece com seu “look clássico”: calça jeans, camisa social branca, gravata quadriculada. Ficam ali uma enorme ambiguidade e uma forte mensagem sexual.

foto 1

Diferentes adereços podem nos fazer sermos outros, ainda que por instantes? Até que ponto o que está por fora muda o que está por dentro? O que a maquiagem e as poses revelam? E o que de fato queremos esconder ou revelar na hora de um retrato? Enfim, esses são alguns dos pensamentos que me ocorreram na hora. Pode ser que te ocorram outros totalmente diferentes. E é isso que mais me instiga na série, onde Cristopher parece captar um pouco da alma de Warhol e seu trabalho, de quem era profundo amigo e admirador.

foto 5

A expo fica em cartaz até dia 23/06.

Leia mais sobre Lady Warhol AQUI.